Aos 41 anos, a atriz Karla Álvarez morre no México

Publicado em 17/11/13 às 16h30 por Leonardo Azzali

Parada cardíaca pode ter causado a morte de Karla Álvarez

Parada cardíaca pode ter causado a morte de Karla Álvarez

A atriz mexicana Karla Álvarez morreu aos 41 anos na última quinta-feira (14). O motivo do falecimento foi uma parada cardiorrespiratória causada por problemas com anorexia e bulimia, de acordo com a Procuradoria Geral de Justiça do Distrito Federal (PGJDF). A informação já foi divulgada pela imprensa local, como o site “El Universal”, do México.

A própria família da artista contou às autoridades que Karla estava em tratamento contra as doenças.

A atriz ficou conhecida por ter atuado em várias novelas da Televisa (emissora do México), como “Maria Mercedes”, onde fazia a irmã mais nova de Thalía, e “A Mentira”.

A notícia sobre o falecimento de Karla foi dada por sua irmã em um programa de televisão do país. A população mexicana está chocada com a morte precoce da atriz, que foi encontrada em casa.

O jornalista mexicano Gustavo Adolfo Infan confirmou o falecimento em seu perfil no Twitter.

Mais cedo, o colaborador da BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, no México, Alberto Nájar, disse que até aquele momento, oficialmente, a Procuradoria Geral do Distrito Federal (PGJDF), responsável pelas investigações, não informou a causa da morte.

“Alguns meios de comunicação e o jornal El Universal destacaram que Karla Álvarez teve uma vida difícil, e lembraram, inclusive, de seus problemas de dependência de drogas. Recentemente, ela também sofreu um assalto enquanto dirigia seu carro na Cidade Do México. Na ocasião, de acordo com o jornal, Karla chegou a sofrer ferimentos”, afirmou Nájar.

Carreira

Karla Álvarez nasceu em 15 de outubro de 1972 e logo ingressou no mundo das artes. Formou-se como dançarina profissional e, logo depois, começou a estudar interpretação na Televisa.

Em 1992, estreou como a irmã mais nova de Thalía na novela “Maria Mercedes”. Quatro anos depois, foi a protagonista de “Minha Querida, Isabel”. “A Mentira” e “A Intrusa” foram outras tramas em que Karla participou. Ao todo, foram mais de 18 trabalhos na televisão.

A atriz também fez algumas peças de teatro e trabalhou com cinema em 2007. Várias atrizes mexicanas já se sensibilizaram com o falecimento da colega, como Laura Zapata e Chantal Andere.