Famosos lamentam morte do ator José Wilker

Publicado em 05/04/14 às 15h00 por Leonardo Azzali

José Wilker faleceu aos 66 anos no Rio de Janeiro

José Wilker faleceu aos 66 anos no Rio de Janeiro

A morte de José Wilker, aos 69 anos, por causa de um infarto fulminante, na manhã deste sábado (05), no Rio de Janeiro, mobilizou a classe artística. Muitos atores, principalmente, publicaram mensagens nas redes sociais sobre o talento e o caráter do colega. Outros, conversaram com a imprensa nas últimas horas.

Confira os recados divulgados pelos famosos:

Aguinaldo Silva, autor

“Ainda ontem falei dele: já estava escalado para uma participação especial em ‘Falso Brilhante’, mas também era a nossa alternativa para o personagem que Dan Stulbach talvez não possa fazer. Não sei o que dizer. Eu o conheço desde os tempos do Movimento de Cultura Popular em Pernambuco — em 1961! Fizemos dezenas de trabalhos juntos… Não sei o que dizer, só: adeus, Zé. Desliguei os telefones todos. Não quero que me perguntem o que achei da morte dele. Estou triste. Morri um pouco. Não sei o que dizer!” 

Rodrigo Andrade, ator

“Vai com Deus, amigo, mestre, professor… Obrigado por todas as piadas, pelos elogios, pela direção e as histórias que contava. A maioria não pode ser escrita aqui, mas só de lembrar estou rindo sozinho, vai com Deus, Zé!”

Sonia Abrão, apresentadora

“Não consigo acreditar! Chocada!”

Tom Cavalcante, humorista

“É com muito pesar que vejo a saída de cena fora do combinado do meu amigo e conterrâneo Zé. Se é assim essa vida, vai com Deus e obrigado por tudo.”

Amaury Jr., apresentador

“Não acredito que José Wilker morreu. Perdi um dos entrevistados de maior potencial… que Deus o tenha.”

Mika Lins, atriz

“Culto, inteligente, gentil, ator de primeira.”

Giovanna Lancellotti, atriz

“Ainda em choque com o que acabei de ler… Que perda, meu Deus! Tive a honra de trabalhar com esse mestre duas vezes e vou falar que é admirável sua generosidade e cumplicidade em cena. Um ator completo que fez história na dramaturgia brasileira e com certeza fará muita falta. Que descanse em paz e deixo aqui registrado meu eterno agradecimento e admiração por todos os conselhos e momentos que passamos juntos.” 

Humberto Martins, ator, durante entrevista à Globo News

“É uma grande perda para todos nós, para o intelectual da dramaturgia brasileira. É um ator em quem me inspirei muito.”

Miguel Falabella, ator

“Devastado. José Wilker não era só um grande ator. Era um homem profundamente culto, interessante, afetuoso, generoso. Um dos melhores amigos que fiz nessa profissão e na vida. Gostava de trabalhar com ele e, juntos, fizemos muitos trabalhos. Não sei como é que vou subir ao palco do teatro Procópio Ferreira hoje à noite para fazer comédia, pois foi ali que ele nos dirigiu durante muitos anos no ‘Sai de Baixo’. Hoje, o dia amanheceu sem cor. Perdi um irmão. Estou à deriva.”

Arlete Salles, atriz, durante entrevista à Globo News

“Era um homem gentil e educado, com um trabalho admirável. Estou chocada, mas a vida é assim, surpreendente. O Wilker é um homem para se admirar, para se gostar e sentir saudade.”

Celso Portiolli, apresentador

“O rádio revelou, a TV o consolidou e hoje Deus o levou para também brilhar no céu. Meus sentimentos aos familiares e fãs de José Wilker.”

Antônia Fontenelle, atriz

“Minha homenagem e desejo de muita luz para o querido Zé Wilker! Obrigada, Zé, por toda a sua importância no nosso cenário cultural. Obrigada pelas suas palavras quando me dizia ‘segure firme, seja forte e valente’ e lembre-se: ‘Nunca atravesse o túnel, para voltar é mais difícil’”.

Luiza Tomé, atriz

“Hoje, partiu um grande ator, diretor e um homem de uma inteligência ímpar. Descanse em paz, Wilker.”

Astrid Fontenelle, apresentadora

“Muito chocante a morte tão súbita do José Wilker. Se o céu fica mais estrelado, a gente perde um astro especial!”

Renata Sorrah, atriz, durante entrevista à Globo News

“É difícil acreditar. Estou chocada! Ligar morte ao Wilker é impossível. Ele que era tão solar, tão da vida. Ele foi a pessoa com quem eu mais trabalhei e deixa um legado de coisas lindas de vida. Não estou acreditando ainda que isso aconteceu.”

Glória Perez, autora

“O Zé Wilker???? Meu Deus!”

Marcelo Serrado, ator

“Wilker morreu? Falei com ele ontem!”

José de Abreu, ator

“Wilker ia me dirigir pela primeira vez em teatro na peça SANGUE. Já havia me dirigido em Transas e Caretas. Grande humor e inteligência! Vai com Deus, Wilker!”

Angélica, apresentadora

“Encontros sempre alto astral! Papo inteligente, generoso, muito enriquecedor estar ao seu lado… Vá em paz”

Luciano Huck, apresentador

“Triste pela morte prematura e inesperada do #josewilker. Perde a TV. Perde o cinema. Perde o teatro. Culto, talentoso e bem humorado.”

Tatá Werneck, atriz e humorista

“Só soube agora do Zé Wilker. Estou profundamente triste e chocada :(“

Paulinho Serra, ator e humorista

“Essa parada do Zé é verdade?? Pelo amor de Deus diz que não???? Tô muito triste, quem trabalhou com o Zé sabe o quanto ele era divertido nos bastidores, um grande homem mesmo sem sua capa preta. Zé Wilker me deu a honra de assistir o Deznecessários, minha ex companhia de teatro, e me ensinou tudo sobre Las Vegas. Que triste PORRA!!! TÔ arrasado, amanhã eu volto.”

Samara Felippo, atriz 

“Mais um talento absoluto se foi! Meu eterno JK! Que Deus te receba com todo amor! Meus sentimentos à família, todo meu carinho.”

Cacá Rosset, ator e apresentador 

“Chocado e triste com a morte prematura do grande ator José Wilker”

Stepan Nercessian, ator 

“Wilker, querido amigo, irmão, parceiro da minha juventude. É inacreditável o que a vida tem feito. Cedo demais, amigo”

Otaviano Costa, ator e apresentador

“Na manhã de hoje, faleceu o nosso amigo, colega de profissão, ator José Wilker! RIP Zé! Fará falta!”

Thelma Guedes, autora

“Triste porque o José Wilker se foi tão cedo… Que pena… Ele ainda tinha muita coisa pra aprontar por aqui. Mas a gente tem que festejar por ele ter tido a oportunidade de fazer tantos trabalhos incríveis! Teve uma vida bem bacana! Que tenha uma boa viagem!”

Nathalia Rodrigues, atriz 

“Zé me ensinou tanto quando comecei a trabalhar, foi uma das pessoas mais generosa que eu contracenei… Me lembro quando era menina, ele olhar para mim e dizer: ‘Não queira ir pra universidade sem passar pelo colegial.’ Palavras sábias que carrego sempre… Hoje o dia ficou cinza e o céu colorido pra receber o Zé”

Evandro Mesquita, ator e cantor

“Adeus amigo!”

Rafael Zulu, ator

“Notícia muito triste que acabo de receber… Mais uma referência que se vai e deixa um vazio na nossa profissão! Valeu pelos ensinamentos… Que Deus conforte os familiares!”

Thiago Rodrigues, ator

“Que pena… Perdemos hoje um artista da pesada, uma mente brilhante… Lamentável… Muito triste!”

Paula Braun, atriz

“Zé morreu. Um grande amigo, uma pessoa querida e especial na minha vida. Perdemos um dos bons, inteligência e sensibilidade. Triste demais”

Milton Neves, apresentador

“José Wilker: cala-se a voz mais bonita dos grandes atores brasileiros”

Serginho Groisman, apresentador

“Espantado como todos e triste como todos com a morte de José Wilker…”

Rafael Cortez, humorista e apresentador

“Morreu o José Wilker. Dia triste pra arte brasileira. Ele era produtivo, empreendedor, raçudo e talentoso. Uma tremenda perda. Força à família”

Rita Guedes, atriz

“Soube agora que o José Wilker nos deixou. Perdemos um grande ator e pessoa maravilhosa. Que esteja em Paz!”

David Brazil, promoter 

“Poxa! E o ‘felomenal’ Zé nos deixou! Que descanse em paz e obrigado pelos poucos mais ótimos momentos juntos!”

Thiaguinho, cantor

“Minha homenagem a este patrimônio da cultura e da arte do Brasil! Assim como todos os brasileiros, lamento a perda de um artista que faz parte do cotidiano do nosso país! Cresci vendo esse artista arrebentar em todas as novelas… Vai com Deus, José Wilker! Deixou sua linda história e exemplo pra todos nós!”

Fafá de Belém, cantora

“Meu querido amigo, amigo raro, incomum, afetuoso e grande ator Zé Wilker partiu da forma que viveu: discretamente e sem incomodar ninguém. Partiu no meio de um sonho. Tenho certeza. Saudade e luto toma conta de meu coração”

Carol Castro, atriz

“Muito triste e chocada com a ‘passagem’ do Wilker. Grande perda. Um gênio, um mestre. Que descanse em paz… Fará muita falta. Muita!”

Fabiana Karla, atriz e comediante 

“Fico feliz de ter bebido um pouco da sua fonte. Vai com Deus”

Cris Vianna, atriz

“O Céu ganha mais uma Estrela! José Wilker. Descanse em Paz.”

Deborah Secco, atriz

“José Wilker, grande ator, grande colega, uma vez meu pai… Quanta saudade você vai deixar! Quanto aprendizado você deixou! Pra sempre no meu coração…”

Mel Maia, atriz

“Meu ídolo. Consegui falar para ele… Com certeza vai ser guiado pelo amor”

Murilo Rosa, ator

“Um dos artistas mais brilhantes da nossa história, uma referência. Um ator que tinha a capacidade de transformar a nossa profissão em algo ainda mais especial. Acho que todo ator mais jovem gostaria de ser como ele. Cinema, teatro, televisão, ele fez tudo! Descanse em paz, mas você sempre será um ganho pra todos nós e nunca uma perda, você esta aí, pra sempre”

Edson Celulari, ator

“José Wilker, referência pra todos nós”

Sérgio Mallandro, humorista

“José Wilker, isso sim é um ator! Vá em paz, parabéns pela missão vitoriosa que você teve com sua passagem nessa terra, o Brasil te ama. Perdemos o maior talento da dramaturgia”

Marcelo Tas, jornalista

“Inteligência, loucura e elegância num só pacote: Zé Wilker”

Arthur Aguiar, ator

“Inacreditável! Eu realmente ainda não estou acreditando. Sem dúvida nenhuma perdemos mais uma grande referência. Um artista ímpar nos deixa, mas deixa para todos nós que estamos começando e querendo fazer uma carreira nessa profissão, o real significado do que é ser ator. Não tive a oportunidade de contracenar com esse monstro de ator, mas tive a honra de ver inúmeros trabalhos dele. Descanse em paz! E que Deus conforte os familiares…”

Dado Dolabella, ator

“Muito triste pela morte do Zé Wilker. Vai fazer muita falta. Grande professor! E o céu fica cada vez mais talentoso… Descanse em força, amigo. Seu caminho foi brilhante!”

Ana Maria Braga, apresentadora

“Susto e dor ao acordar. O inesperado da vida. Força Claudinha. O Brasil chora junto com você”

Bárbara Paz, atriz

“Obrigada por tudo que me ensinou! Obrigada Zé!”

Fernanda Paes Leme, atriz

“Estava sem tempo pra nada, quando meu telefone tocou e era o Sandro Chaim, produtor, me convidando para fazer a peça ‘Rain Man’. Eu já tinha visto o filme, conhecia a história e sabia que Susan, a namorada de Charlie, era um papel secundário. Fazer teatro, além de amor, exige do ator tempo e uma enorme dedicação. Tempo de ensaio, turnê, adeus fins de semana… Lembra que falei ali em cima que estava sem tempo pra nada… Então! Foi quando Sandro disse que o diretor da peça seria José Wilker. Não pensei em mais nada…Aceitei na hora. Sempre admirei muito o Zé, como ator, diretor, pensador… A primeira leitura da peça foi na casa dele, no Jardim Botânico. Ele, sorridente, nos recebeu entre gatos e muitos, muitos livros. Mostrou pra mim onde ele malhava, com sua personal, e contou umas cinco histórias em dez minutos. Zé falava muito e era uma delícia ouvi-lo. Ele falava sério, mas também adorava uma bobagem. Durante um mês e meio encontrei Zé todo dia. Era como se todos os dias eu tivesse uma palestra do que é (de verdade) ser ator. Ele respirava essa profissão e foi muito generoso com o elenco da peça. Zé tinha um humor só dele, as meias mais coloridas e uma coleção de óculos que só ele podia usar. Estou tão triste que ele se foi… Obrigada Mestre Zé, por TUDO!”

Preta Gil, cantora

“Tristeza não tem fim, felicidade sim’ (Tom Jobim e Vinicius de Moraes). Descanse em paz, amado José, pois você viverá pra sempre nos nossos corações!”

Bruno De Luca, apresentador e ator

“Tive o prazer de fazer uma novela com o Wilker (‘Fera Ferida’) e um comercial em que eu esnobava ele. Que ator, que susto, que tristeza! Descanse em paz e força para todas as filhas”

Malvino Salvador, ator

“Estou muito, muito triste. Nos deixou uma das pessoas mais brilhantes que conheci. Uma referência para mim. Fique com Deus, Zé”

Ingrid Guimarães, atriz

“Eternamente sua fã, José Wilker”

Ludmila Dayer, atriz 

“Hoje perdemos um grande talento. Faltam palavras para expressar minha gratidão e tristeza. Wilker foi muito importante na minha vida e na minha história. Uma honra dividir a cena com ele. Tantas risadas… tanta cumplicidade. Daniele e Giovanni Improta estarão sempre guardados no meu coração”

Thiago Fragoso, ator

“Obrigado, Zé. Fica a tristeza. O mundo fica menos inteligente com sua partida”

Otávio Mesquita, apresentador

“Elegância, talento, charme e inteligência sempre!”

Paula Fernandes, cantora

“Não tive a oportunidade de dizer o quanto o admirava! Prefiro pensar na morte como uma passagem, em que seguimos rumo a um caminho de luz. A luz deste homem se fez nessa vida e sua partida certamente nos deixará saudade. Que Deus o abençoe onde estiver, Zé Wilker”

Sônia Braga, atriz

“Meu querido amigo, para sempre! Conheci o Wilker quando fui para o Rio com a peça Hair, em 1969, e me apaixonei loucamente por aquela pessoa linda. E por toda a minha vida continuei o amando intensa e platonicamente. Wilker sempre foi e continuará sendo um dos meus melhores e mais queridos amigos”

Elba Ramalho, cantora

“Singela homenagem ao ator. Que Deus te receba em seu reino, Wilker”

Gabriela Duarte, atriz

“Sempre admirei o talento de José Wilker. Como essas pessoas são imortais, vou continuar admirando”

Claudia Raia, atriz

“Zezinho, o mundo perdeu um homem inteligente, culto, um humor único, um grande ator! O Brasil já tem saudades de você”

Isis Valverde, atriz

“Hoje o céu ganhou um grande presente e nossa dramaturgia se despede com o coração apertado. Meus pêsames aos familiares que ele vá em paz!”

Caio Castro, ator

“Em pleno sábado com sol, apaixonado, sábado com mais cara de domingo, um dos sábados mais lindos já vistos….. O céu ganha mais um ídolo, uma referência, um homem! Meus sentimentos a família mas acima de tudo meus agradecimentos ao aprendizado!”

Ary Fontoura, ator, durante entrevista à Globo News

“Estava com ele até ontem, à meia noite, brincando, trocando ideias. 50 e tantos anos de convivência, tantos trabalhos, e hoje pela manhã recebo essa notícia que me deixou tonto. Não posso acreditar como pode ser assim. Uma despedida estranha. Logo eu, que iria encontrá-lo novamente hoje. Mas eu sei que a vida é assim. Me diverti tanto com ele. Eu e ele casávamos quando trabalhávamos juntos, porque o trabalho era um meio de vida e de morte. Ficamos juntos em todas as circunstâncias e agora estou sozinho aqui. Já chorei tudo o que tinha que chorar. Estou comovido. Vou sentir uma saudade muito grande. Ele era um grande amigo meu. Não ficou nada entre nós que precisássemos acertar.”

Paulo Betti, ator, durante entrevista à Globo News

“É uma perda muito grande, para todos nós. Eu devo a Wilker a minha ida para a televisão. Foi ele que me botou na minha primeira novela, ‘Transas e Caretas’. O Wilker tinha um timbre incrível, temperado por esses cigarros que levaram ele a essa infarto. Ele era um gênio, realmente um dos maiores talentos do Brasil.”

Rosamaria Murtinho, atriz, durante entrevista à Globo News

“A gente perdeu o Paulo Goulart, agora o Wilker, horrível. Tem um artista que diz que quando morre um artista, morrem três. Morreu o Goulart, o Wilker, espero que esse dito não seja verdadeiro. O Wilker fazia muito piada. A gente achava muito divertido, muito engraçado. É uma tristeza a morte dele.”

Eva Wilma, atriz, durante entrevista à Globo News

“Eu tive o privilégio, a alegria e a satisfação de ter sido dirigida por ele, em ‘Querida Mamãe’. Para ele, eu não diria ‘adeus’. Diria ‘até sempre’. Na minha memoria, foi um momento brilhante, afetivo e maravilhoso ter sido dirigida por ele”

Jô Soares, apresentador, diretor, autor e comediante, durante entrevista à Globo News

“Era uma pessoa muito ligada comigo. Era um homem extremamente culto, extremamente generoso, extremamente dedicado no trabalho. Ontem fiquei falando horas no telefone com ele, porque ele viu uns espetáculos que eu também havia visto. A morte sempre pega de surpresa, mas essa me pegou mais profundamente. Foi uma coisa inimaginável.”

Antônio Calloni, ator, durante entrevista à Globo News 

“Vou me lembrar do senso de humor, da ironia, da inteligência. Apesar de a gente não ser amigo íntimo, eu cheguei a conhecer bastante o Wilker. A relação que eu tive com Wilker foi bastante intensa, no campo profissional. É uma figura fascinante, a gente percebe pelo trabalho dele. Foi realmente uma notícia muito triste”

Vera Holtz, atriz, em entrevista ao portal UOL

“O que eu sinto é que a maioria dos amigos estão em estado de choque. Todo mundo está muito chocado com a notícia. O impacto da notícia foi enorme. Todo mundo está se ligando e perguntando: ‘será que é verdade?’. A gente não acredita. O Zé era muito próximo. Muito querido e presente na vida artística brasileira. Ninguém sabe nada ainda. As pessoas ainda estão tentando confirmar. Muita gente está tentando saber. O Zé é vivo ainda. Agora não adianta dizer o que fica dele. Não se pensou nisso. Ninguém pensou. Ele é muito vivo, presente, risonho, brincalhão.”

Maitê Proença, atriz, em entrevista ao portal UOL

“Eu fiz com ele alguns trabalhos como ‘Salvador da Pátria’. Tenho muitas memórias daquele tempo, a TV Globo mandava a gente para Volta Redonda e ficávamos lá a semana inteira, todo o elenco junto e era muito agradável. A gente almoçava juntos, jantava juntos, era como um colégio interno. Falávamos muitas bobagens, mas falar bobagens com alguém interessante como o Zé faz você sair do lugar comum, toda aquela conversa trazia uma espécie de luz nova. Wilker tinha uma forma diferente de levar a vida, um pensamento independente.”

Cássia Kis Magro, atriz, em entrevista ao portal UOL

“Minha última história com ele é de ontem. Tinha lido um email dele e disse que iria assistir à entrevista que ele ia gravar esta semana com o Lima Duarte. Ano passado ele tinha me convidado a participar desse projeto e eu dei o cano nele por conta de algum compromisso. Agora a gente fica aqui zapeando a TV e sem acreditar, pensando, ‘poxa, eu devia ter ido na entrevista…’. Era um grande ator, inteligente, eu gostava de estar perto dele, de conversar com ele. Me dirigiu no teatro muitas vezes e trabalhamos juntos em duas novelas maravilhosas, que foram ‘Roque Santeiro’ e ‘Fera Ferida’. Ainda não tô acreditando. 66 anos não é idade pra ninguém morrer”

Tony Ramos, ator, em entrevista ao portal UOL

“Estou no meio de uma filmagem e toda a equipe está chocada. Estou absolutamente chocado e impactado com essa notícia. Não sei o que te dizer. Falar o quê desse grande ator? Um homem encantador, querido, amigo, Sinceramente não consigo dizer nada, além da dor e da perda que é para o cinema, para o teatro e para a TV. Um homem encantador, com uma história linda. Estou muito emocionado”

Walcyr Carrasco, autor, em entrevista ao portal UOL

“Eu lamento muito a morte do José Wilker. Eu o assisti quando era muito jovem numa peça chamada “O Arquiteto e o Imperador da Assíria”, que foi um dos mais belos trabalhos de ator que já vi. Tive o prazer de trabalhar com ele e me aproximar pessoalmente duas vezes, em “Gabriela” e em “Amor À Vida”. “Gabriela” foi uma novela na qual ele fez as duas versões. E brilhou em ambas. Sua interpretação do coronel Jesuíno foi intensa, histórica, a ponto do Brasil inteiro falar “hoje eu vou lhe usar”. Em “Amor A Vida” fez uma participação especial que eu considero aquém de seu talento, mas cujos limites ele soube entender, compreender e ficar a meu lado. Tínhamos sim, uma amizade. Wilker gostava de usar chapéus e uma vez estava com um azul, lindo. Eu elogiei, porque também gosto de chapéus e vinte dias depois ele me presenteou com um igual! Toda vez que eu olhar esse chapéu vou lembrar dele e de seu inigualável talento.”

Ana Rosa, atriz, em entrevista ao portal UOL

“Levei um susto quando soube. Ele estava bem, não estava doente nem nada. Wilker foi um colega muito querido, fomos marido e mulher na novela ?Três Irmãs? e ele sempre foi um cara carismático, para cima. É uma lástima tudo isso acontecer. Acho que fica esse homem articulado, inteligente. Sabemos que a vida não termina, mas a perda da pessoa física é muito triste. Fiquei muito chateada quando soube”

LEIA TAMBÉM:

José Wilker estava cotado para “Falso Brilhante”