Home » Famosos »

Hebe Camargo

Hebe Camargo

Hebe Camargo

Apresentadora Bio

Notícias

Visualizar: em blog em lista
  • 29/09 #HebeDay: Conheça as curiosidades da vida de Hebe Camargo
    Conheça a vida da maior apresentadora que a nossa televisão já teve

    Conheça a vida da maior apresentadora que a nossa televisão já teve

    Em 29 de setembro de 2012, o Brasil perdia uma das maiores divas da história da televisão brasileira. Hebe Camargo morreu aos 83 anos, deixando um legado como poucos em seus mais de 60 anos de TV. O RD1 prestará uma homenagem à apresentadora, e inicia agora o #HebeDay, que homenageará a vida e a obra da maior comunicadora do país.

    Hebe se apaixonou pela comunicação por conta do trabalho de seu pai

    Hebe se apaixonou pela comunicação por conta do trabalho de seu pai

    A infância humilde e o desejo de se tornar uma artista

    Paulista de Taubaté, Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani, ou simplesmente Hebe Camargo, nasceu em São Paulo no dia 8 de março de 1929. Filha da dona de casa Esther Magalhães Camargo e do violista de cinema mudo Segesfredo Monteiro Camargo, Hebe teve uma infância humilde, principalmente pelo fato de seu pai perder o emprego com a chegada do cinema falado, o que fez com que a apresentadora começasse a trabalhar como empregada doméstica.

    Por conta de problemas financeiros, os pais dela decidiram sair de Taubaté para tentar a vida em São Paulo, onde o seu Segesfredo começou a integrar a orquestra da Rádio Difusora, o que fez com que Hebe despertasse uma paixão pela comunicação e pela música. Seu sonho, na época, era se tornar uma grande cantora.

    Hebe Camargo fez um aborto aos 18 anos de idade

    Hebe Camargo fez um aborto aos 18 anos de idade

    A polêmica do aborto

    Hebe contou à revista Veja em 1997 que sofreu três abortos ao longo de sua vida, sendo um deles provocado. A apresentadora tinha 18 anos e arriscou sua vida ao interromper sua gravidez em uma “sala pequena, sem anestesia, sem medicamento nenhum”.

    Apesar de se considerar uma mulher de muita fé, Hebe não se diz arrependida por ter tirado o bebê: “Para ser mãe a gente tem de desejar ter um filho. Ele tem direito à vida, é verdade. Mas com amor dos pais, com condições para crescer com saúde e boa educação. Quem vai garantir isso?”, disse a apresentadora.

    Hebe Camargo não desgrudava da imagem de Nossa Senhora Aparecida

    Hebe Camargo não desgrudava da imagem de Nossa Senhora Aparecida

    A fé inabalável

    A Hebe sempre foi muito católica e possuía várias imagens de santo, mas uma específica acompanhava a apresentadora até em suas viagens: a Nossa Senhora Aparecida. Em sua casa, na cidade de São Paulo, ela tinha um altar, onde sempre fazia orações. Quando o pai de Hebe ficou doente, ela fez uma promessa de ficar 365 dias sem usar nenhuma joia, e cumpriu.

    Hebe se casou duas vezes durante sua vida

    Hebe se casou duas vezes durante sua vida

    O casamento, o filho, a separação e a descoberta de um novo amor

    Hebe só foi casar com 35 anos de idade, em 1964, com o empresário Décio Capuano, com quem já estava morando há 15 anos. Seguindo a tradição de que uma mulher só pode se casar de branco se for virgem, ela preferiu usar um vestido rosa. No ano seguinte, o casal anunciou a chegada do que seria o único filho da apresentadora, Marcello de Carvalho Capuano.

    O casamento durou alguns anos, mas a relação conturbada fez com que Hebe se separasse no ano de 1971. Dois anos mais tarde, a loira se casou novamente, com Lélio Ravagnani, com quem viveu junto por 29 anos, até a morte do empresário, em 2000.

    Hebe morreu dois anos depois de descobriu um câncer

    Hebe morreu dois anos depois de descobriu um câncer

    O câncer, a luta pela vida e a morte

    Em janeiro de 2010, Hebe foi diagnosticada com um câncer no peritônio, membrana que envolve os órgãos do aparelho digestivo. Ela chegou a ficar 12 dias sem trabalhar em sua primeira internação para a retirada de nódulos. Era o início do tratamento. A apresentadora recebia apoio de milhares de fãs, inclusive dos famosos. Em setembro de 2011, ela iniciou um novo tratamento contra o câncer, com sessões de quimioterapia.

    Na época, ela avisou ao público que não estava doente, apenas continuando o tratamento. Durante os meses que lhe restaram, Hebe passou por várias cirurgias e tratamentos. Em 2012, ela passou por uma cirurgia de emergência para a retirada de um tumor, ficando 13 dias internados. Em junho, ela voltou ao hospital para retirada de vesícula, mas seu estado de saúde já estava complicando. Em setembro do ano passado, Camargo não resistiu a uma parada cardíaca e morreu em sua casa. O velório de Hebe contou um momento inusitado: Silvio Santos, grande amigo da apresentadora, deu um selinho em sua boca, retribuindo a forma carinhosa como Hebe tratava seus convidados.

  • 29/09 É #HebeDay no RD1, venha celebrar conosco!
    Hebe Camargo 29/09/2013 às 09:30h

    É #HebeDay no RD1, venha celebrar conosco!

    1 ANO SEM A RAINHA DA TV
    Hebe: Eterna

    Hebe: Eterna

    O RD1 reservou este domingo (29) para celebrar a vida e a trajetória de Hebe Camargo, cuja morte completa um ano hoje.

    Ao longo do dia, os leitores poderão conferir diversas matérias especiais acerca da Rainha da TV, que também será o tema de artigos especiais escritos por nossos colunistas, cada qual abordando um ângulo diferente do legado deixado por Hebe.

    Neste #HebeDay, você, nosso principal convidado, também descobrirá curiosidades inéditas sobre os hábitos e a carreira da loira e verá uma galeria de fotos que retratará momentos especiais da apresentadora. Para compôr esta galeria, porém, o RD1 deseja contar com um apoio especial: o seu.

    Ao longo do dia, envie imagens marcantes da apresentadora ou até mesmo fotos tiradas ao lado da mesma e sua imagem poderá fazer parte de nossa galeria, que irá ao ar em um post especial.

    Envie-nos sua imagem favorita de Hebe através das redes sociais (Twitter, Facebook e Google+) ou pelo e-mail contato@rd1audiencia.com e venha celebrar conosco.

    Hebe se foi, mas sua obra continua viva!

  • Antônia Fontenelle

    Antônia Fontenelle

    Conforme informou o RD1, a vida de Hebe Camargo, falecida em setembro de 2012, ganhará os cinemas em 2014. O projeto, idealizado por Claudio Pessuti, sobrinho e empresário da apresentadora, terá direção de Cacá Diegues. A ideia é que celebridades e personalidades que marcaram a carreira da loira estejam no filme.

    Ainda não há elenco escalado, nem mesmo a protagonista do longa. Testes para escolher a intérprete de Hebe devem ter início até o final do ano. No entanto, segundo o site Ego, Antônia Fontenelle está cotada para dar vida à Rainha da TV Brasileira. Existem ainda mais três atrizes na mira de Diegues.

    Procurada para comentar o assunto, Fontenelle afirma desconhecer a sondagem: “Não estou sabendo dessa notícia e por enquanto não me falaram nada. Também não recebi nenhum convite, mas faria com muito prazer a Hebe no cinema. Aliás, ninguém faria melhor a Hebe do que eu, né? Temos muitas coisas em comum em vários sentidos. Conheci a Hebe pessoalmente e ela era uma pessoa fantástica, imortal”, disse.

  • A apresentadora Hebe Camargo

    A apresentadora Hebe Camargo

    A família de Hebe Camargo, morta em setembro de 2012, após uma longa batalha contra um câncer na região do peritônio, prepara uma missa especial em memória à apresentadora, que completa no dia 29 do próximo mês um ano de falecida.

    Ao site “O Fuxico”, Claudio Pessuti, sobrinho e empresário de Hebe, falou sobre a celebração: “Faremos uma missa para ela, com certeza. Ainda não decidimos o lugar, mas vamos fazer uma homenagem especial”, disse.

    Claudio falou ainda sobre o filme sobre a vida da Rainha da TV Brasileira: “Vai rolar o filme sim. Estamos em fase de pesquisa, de assinatura de algumas coisas, mas tudo muito embrionário. Só posso adiantar que a direção será do Cacá Diegues”, conta.

    A protagonista do longa ainda não foi escolhida: “Não sabemos ainda, estamos pensando primeiro para depois podermos ir atrás. Tudo está ainda tomando corpo, vamos conversar com as pessoas, acertar detalhes. Acho que daqui a um mês teremos mais coisas para dizer”, finaliza.

  • A saudosa Hebe Camargo

    A saudosa Hebe Camargo

    Na última sexta-feira, 08, se estivesse viva, Hebe Camargo teria completado 84 anos. E para celebrar a eterna rainha da TV brasileira, Marcelo Camargo e Cláudio Pessuti, filho e sobrinho da apresentadora, respectivamente, lançarão uma coletânea.

    A ideia surgiu no jantar realizado na sexta, quando parentes e amigos de Hebe celebraram o seu dia. A coletânea reunirá álbuns gravados pela loira ao longo de sua carreira. A ideia é que o álbum chegue ao mercado antes do Natal.

    Hebe faleceu em setembro do ano passado vítima de uma parada cardiorrespiratória. A loira lutou contra um câncer no peritônio (membrana que reveste as paredes do intestino) durante quase dois anos.

  • 15/10 Hebe Camargo não estava sozinha quando morreu

    Hebe Camargo

    Em entrevista à Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o médico Euro Palomba, responsável pela UTI instalada no quarto de Hebe Camargo, afirmou que a informação de que um segurança teria encontrado a apresentadora já sem vida e sozinha “é uma bobagem de um funcionário que levava os cachorros para passear”.

    “Ela não ficou desassistida nem por um segundo”, completou Euro. Segundo Bergamo, havia enfermeiras de uma empresa de “home care” acompanhando a paciente 24 horas por dia. Os médicos que cuidavam da apresentadora foram informados imediatamente.

    Hebe faleceu na manhã de 29 de setembro aos 83 anos, vítima de uma parada respiratória, provocada após uma intensa luta contra um câncer na região do peritônio, membrana que reveste a parede do intestino.

  • "Não tenho medo de morrer, tenho peninha. Peninha de deixar as pessoas que amo e essa vida tão boa que tenho"

    A morte da apresentadora Hebe Camargo, 83 anos, vítima de uma parada cardíaca na madrugada desse sábado, 29, pegou a todos de surpresa. A classe artística em peso lamentou a perda da rainha da TV brasileira.

    Confira as declarações: 

    “Tá doendo muito aqui dentro… Perdemos a primeira e única rainha de todas… a nossa gracinha, linda de viver. Gente… por favor pare por um minuto e reze pensando nela… por favor. Essa luz, esse sorriso, nunca vão se apagar… Saudades que dói da primeira e única rainha da televisão…” XUXA MENEGHEL, apresentadora 

    “A estrela da Hebe está brilhando no céu e vai ser uma gracinha para sempre.” ANA HICKMANN, apresentadora 

    “Hoje se a Hebe me visse aqui ia brigar comigo porque estou chorando. Ela sempre me colocava para cima.” DANIELA ALBUQUERQUE, apresentadora

    “Ela era como uma mãe. Ela deixa a história da TV brasileira. Aprendi com ela como sentar num sofá. Vi a Hebe há 20 dias e ela estava lutando com dignidade.” ASTRID FONTENELLE, apresentadora

    "Quero continuar sendo amiga de Silvio Santos"

    “A Hebe era muito especial, uma pessoa incrível, iluminada. Tudo o que a gente fez cada momento juntos, foi inesquecível. Ela era uma pessoa muito autêntica, na frente e atrás das câmeras. A pessoa que conheci que mais gosto pela vida tinha. Quando ela brindava, costumava dizer ‘Um brinde à vida’. Ela falava com gosto!” ARIEL JACOBOWITZ, diretor da apresentadora no SBT por três anos

    “Essa doença [o câncer], que é tão terrível, não tinha mais cura para ela. Ela não estava mais respondendo ao tratamento. A Hebe não merecia tristeza, só felicidade. Ela só trazia coisas boas às pessoas. Morreu com dignidade, na casa dela, no palácio dela. Palácio de uma rainha, a rainha da TV. Todos nós artistas devemos muito a ela. Ela sempre nos prestigiou, nos deu apoio.” BETTY FARIA, atriz

    “A Hebe sempre foi e estará viva na nossa memória como a grande dama da TV brasileira. Chiquérrima, linda e divertida, ainda cantava bem. Ela é história” BONINHO, diretor da Globo

    “A Hebe sai de cena deixando muitos espaços vagos. Na televisão brasileira, no panteão dos grandes ídolos, no dia a dia de sua família, no cotidiano e noite paulistana e, no que mais me toca, no coração dos amigos que partilharam de sua alegria e foram iluminados por sua luz infinita.” LUCILIA DINIZ, empresária

    "Gostaria de morrer no ar. Sei lá, falar algo no microfone e depois, puf, cair"

    “Eu estou tão arrasada. É uma coisa que me pegou de um jeito tão forte que eu não sei nem o que falar. A última coisa que eu podia imaginar na minha vida é que a Hebe iria morrer. Porque, para mim, ela é imortal, como o doutor Roberto Marinho… Dois imortais na minha vida. Falei com ela pela última vez faz uns três meses, e não havia indício, quer dizer, ela não deixou transparecer a gravidade… Depois que ela começou a voltar ao hospital, liguei para ela umas duas vezes, e ela dizia: ‘Eu tô bem, eu tô bem’. Foi um pedaço de mim, ela era minha amiga, exemplo não apenas de profissional, mas de pessoa. Aquela alegria dela, seu jeito, falar o que lhe vinha à cabeça… Não sei mesmo que falar, estou arrasada.” GLÓRIA MARIA, apresentadora

    “A história da televisão brasileira se confunde com a dessa figura emblemática que era a Hebe, uma pessoa que conseguiu sobreviver à história e se renovou a cada passagem do tempo. Era uma mulher que não envelheceu espiritualmente e que tinha uma alegria inexplicável.” TOM CAVALCANTE, humorista

    “Nos conhecemos desde garotas, com 18 anos, na rádio Tupi Difusora. Eu era apenas alguns meses mais velha do que ela. A Hebe não foi apenas uma grande cantora e apresentadora. Ela foi um grande ser humano, com uma grande alegria de viver. Ela procurava espalhar esse prazer pela vida para a humanidade. Esse foi o maior presente dela para todos. De mais marcante que eu lembro de Hebe era o seu respeito e amizade pelos seus pais.” VIDA ALVES, atriz

    "A minha vida é só de agradecimento. Se aqui estou ainda é porque vocês me trouxeram"

    “Estou muito chocada, muito triste. Fomos muito amigas, desde o tempo da rádio Nacional, bem no comecinho da TV brasileira, que ainda estava engatinhando. Dávamos muita risada, ela era muito engraçada. Viajamos muito juntas para uma porção de lugares no Brasil. Eu, ela, a Lolita Rodrigues… Uma porção de artistas. Ela morou muitos anos ao lado da casa da minha sogra, no Sumaré. Então muitas vezes nos víamos quando eu visitava a minha sogra. A Hebe adorava contar piada, ríamos bastante. Nós parecíamos duas bobas quando nos encontrávamos. Foi um tempo tão lindo. Depois cada um vai para um canal, a gente se separa, começa a se ver só de vez em quando. Ela foi única. O jeito dela… Ela inovou o jeito de apresentar programas [na TV brasileira]. Ela era muito alegre, muito sorridente, fez sucesso rapidamente como apresentadora. Eu vivia insistindo para ela cantar, ela chegou a gravar alguns discos muito bons, mas ela não queria. Quando eu tocava músicas dela no meu programa, ela ficava brava e dizia: “Eu não sou cantora, poxa”. Ela deixa uma lembrança muito linda para mim. Perdemos uma boa amiga, uma grande apresentadora que inovou muita coisa na apresentação. Era tudo muito decoradinho, e ela começou a se soltar, a dar opinião no ar. Tive um choque muito grande. Mas ela foi uma pessoa tão bacana, tão alegre que a gente não pode nem chorar.” INEZITA BARROSO, apresentadora

    “Hoje, o Brasil inteiro chora porque vai embora a primeira, eterna e única dama da TV brasileira. Querida Hebe, e conhecer foi mais do que destino, foi uma dádiva. Vamos te amar para sempre ‘prima’”. ZEZÉ DI CAMARGO e LUCIANO, dupla sertaneja

    “Estou chocado. Eu nunca tive a chance de conhecê-la, mas é uma perda gigantesca para a cultura brasileira. O que mais impressiona é que só escutei coisa boa sobre ela de todo mundo. É uma pena, gostaria muito de ter conhecido Hebe.” RODRIGO SANTORO, ator

    “É uma tristeza muito grande, era uma amiga e um ícone da nossa TV. A morte sempre pega a gente de surpresa, apesar de ser a única certeza da vida.” JÔ SOARES, apresentador

    "Ai, eu falo demais, né? Mas sempre fui assim, viu? Não é coisa da idade, não"

    “Para mim, quando soube, foi um furacão. A gente não acredita. A Hebe é a própria história da televisão brasileira. Ela é uma unanimidade em todas as emissoras. Ela participou de alguns especiais dos “Trapalhões” e era a alegria viva. Ela contagiava todo mundo. Aonde ela ia irradiava pelo menos uns dez metros de alegria. Foi muito triste a partida dela. Pessoas como ela deveriam ser eternas.” RENATO ARAGÃO, humorista

    “Levei em choque, estou muito triste. Trabalhei com ela na Record, na Tupi… Sinto muita saudade, é uma pena que ela tenha ido. Conheci a Hebe quando ela me entrevistou na Tupi. Depois, fui a uma casa dela no Morumbi, em outra entrevista. A Hebe foi uma pessoa muito importante, era uma mulher que tinha um poder incrível. Foi a apresentadora mais importante da TV brasileira, desde a Tupi. Admirava a alegria dela, o bom humor que ela demonstrava. Estava sempre alegre.” RUTH DE SOUZA, atriz

    “Acabei de sair de um evento e recebi a triste notícia do falecimento da nossa querida Hebe. Hebe você foi luz, amor e alegria. Eternamente em nossos corações sentiremos a sua falta.
    Agradeço a honra de ter te conhecido, de ter recebido um sorriso teu e ter sido chamado por você de ‘gracinha’. Hoje, aqui em baixo, nos choramos em luto, mas aí em cima no céu os anjos comemoram em festa a volta ao lar de um dos seus.” WANESSA, CANTORA

    "Eu sempre ri da vida, me diverti com tudo. Não dou mais importância à vida agora do que antes, não. A vida sempre foi importante para mim"

    “Conheci Hebe através de amigos em comum e sempre foi uma pessoa muito presente na minha vida. Era uma amiga muito presente e especial, me orientava até em meus relacionamentos pessoais. Através dela recebi o apelido de pequeno príncipe, que me acompanha até hoje. Hoje Hebe chega lá em cima e chamará São Pedro de gracinha.” RONNIE VON, CANTOR E APRESENTADOR

    “Estou em Portugal, para apresentar o evento do Brazilian Day pela Globo, e estou sem fôlego com a notícia. A gente não consegue acreditar que alguém com um sorriso lindo, aquele jeito de encarar a vida, tenha nos deixado. Consigo ouvi-la me chamando de ‘loira linda’ ainda. Por mais que a gente tenha partilhado essa história de câncer, não dá para entender a finitude de pessoas que gente ama. Gostaria de estar aí no Brasil” ANA MARIA BRAGA, apresentadora

    “Estou arrasada. É tão difícil acreditar que isso aconteceu com ela. Essa não combina com a morte. Parece que eu perdi uma pessoa da minha família. Estou sem chão. Eu vou apresentar hoje um programa ao vivo e com certeza vou mudar o script, quero fazer um minuto de silêncio. A vida inteira eu me inspirei nela. Ela me deixou várias lições e morreu batalhando pelo trabalho dela. No meio do tratamento, estava animada, cercada de amigos. Era uma figura. É muito mais que a diva que todo mundo conhece. Se eu tivesse de descrever com palavras seriam felicidade, amor, alegria.” ADRIANE GALISTEU, apresentadora

    “A morte da Hebe é uma grande perda para a classe artística e para o povo brasileiro. Estou profundamente abalada. É um pouquinho da história da televisão que vai embora. Que bom que fica o legado que ela brilhantemente começou.” LUCIANA GIMENEZ, apresentadora

    "Ai, que gracinha!"

    “A Hebe era uma pessoa muito alto-astral. Ela curtiu muito a vida e sua história ficou muito marcada no Brasil. Tenho certeza que todo mundo que conviveu um pouco com ela se apaixonou!” TICIANE PINHEIRO, apresentadora

    “Tive a oportunidade de conhecer a Hebe há 18 anos. Ela sempre foi muito generosa e amiga e, de uns anos para trás, pude perceber o quanto ela era uma pessoa resiliente, que não se entregava. Ela sempre me deu muitos conselhos, foi uma mãe para mim. Vou sentir muita saudade, principalmente do abraço que ela me dava todas as vezes que a gente se encontrava.” ELIANA, apresentadora

    “Era uma mulher maravilhosa, positiva. Com certeza vai deixar saudades no coração de muitos brasileiros. A Hebe me ensinou a sempre andar para a frente, pensar positivo e aproveitar a vida”. ROBERTO CARLOS, cantor

    "Eu pude saber o quanto eu sou querida, eu não tinha ideia"

    “Hoje eu acordei triste e não sabia o porquê e depois descobri que minha mãe brasileira Hebe nos deixou. Por favor, quero que o Brasil inteiro saiba da minha dor pela sua morte… Eu amei e sempre amarei aqueles olhos tão cheios de amor e de energia… Se ela não tivesse me encontrado na Itália, ninguém me conheceria hoje no Brasil. Eu devo tudo isso a ela. Hebe foi uma guerreira pela sua luta contra a doença, uma mulher realmente admirável, do fundo do meu coração. Ao menos tive o consolo, de antes dela nos deixar, ter dito a ela que estou grávida de uma menina, porque toda vez que eu ia para São Paulo, ela sempre me dizia que queria me ver como mãe. Por causa da minha gravidez eu não posso viajar para vê-la, mas gostaria de poder lhe fazer um carinho: Olá Hebe sua viagem vai levá-la para conhecer uma nova vida, tão bonita como você. As minhas condolências a sua família e seus amigos e a todo o Brasil. Eu te amo Hebe, para sempre.” LAURA PAUSINI, cantora

  • A apresentadora Hebe Camargo ainda na RedeTV

    Morreu na madrugada deste sábado (29), em São Paulo, aos 83 anos, a apresentadora Hebe Camargo. De acordo com a assessoria de imprensa do SBT, a loira sofreu uma parada cardiorrespiratória enquanto dormia.

    Hebe passou por uma cirurgia para a retirada de um tumor no intestino no dia 11 de março deste ano. Em 2010, ela já havia sido operada para a retirada de um câncer na região do peritônio, membrana envolve os órgãos do aparelho digestivo. Desde então, Camargo passava por quimioterapias.

    Em 12 de junho deste ano, Hebe foi levada às pressas ao hospital para a retirada da vesícula. Um mês depois, ficou internada por cinco dias para realizar exames de rotina. Desde o final de agosto a apresentadora vinha fazendo tratamento em casa.

    Confira fotos da Hebe Camargo:

    VOLTA À TV

    Por conta dos problemas de saúde, Hebe ficou afastada das gravações de seu programa na RedeTV desde junho. Nesse período ela viveu uma fase de turbulência com o canal, devido ao atraso de salários. A loira ficou por um ano e oito meses na RedeTV.

    Na última quinta-feira, 27, a assessoria do SBT confirmou a volta da apresentadora, que trabalhou por mais de 25 anos na emissora. Em comunicado, o canal comemorou o retorno da loira.

    DESPEDIDA

    Na quinta-feira, após o anúncio de sua contratação, Hebe comemorou no Twitter dizendo o seguinte: “Meus lindos, nem acredito!!! Estou de volta ao SBT, meu coração está disparado! Feliz feliz feliz feliz!!!”.

    Hebe Camargo canta “É preciso saber viver”:

GRUMFT (ex-catus)
iGlr